Ouvidor do TCE-AM participa de reunião da Rede de Ouvidoria do Amazonas

Na tarde desta quarta-feira (26), o ouvidor do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Érico Desterro, participou da reunião da Rede de Ouvidorias do Amazonas para discutir as atividades da rede em 2021. Ele é presidente de honra da Rede do Estado. Representantes dos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo do Amazonas estiveram presentes na reunião.

“O ideal dessa Rede de Ouvidorias é estender o máximo de alcance dessa rede em órgãos municipais, estaduais e federais que atuam no Amazonas. Se todos os municípios do estado organizarem ouvidorias, tanto no poder executivo, quanto no legislativo, e integrarem nessa rede, nos faria muito feliz, porque o nosso objetivo é compartilhar ideias sobre o funcionamento das ouvidorias, sobretudo neste momento causado pela pandemia”, destacou o conselheiro-ouvidor do TCE-AM, Érico Desterro.

Assuntos como a atualização do Protocolo de Intenções e a elaboração de minuta para criação do Regimento Interno da Rede de Ouvidorias do Amazonas foram tratados na reunião, que contou ainda com a participação e palestra da idealizadora do movimento ‘Ouvidores em Ação, Kelly Broitman, convidada para compartilhar sua experiência em ouvidorias, que destacou a importância do acolhimento e do apoio aos órgãos nessas iniciativas em sua fala.

“A importância da integração das ouvidorias é a questão do valor do acolhimento. O valor agregado da prática da comunicação é um atributo do exercício do acolhimento. A gente estabelece isso através de uma prática de escuta ativa, no exercício da empatia e da clareza da comunicação”, ressaltou Kelly Broitman.

A próxima reunião será realizada no dia 23 de junho, às 14h, e tem como objetivo a aprovação do Regulamento Interno.

Sobre a Rede

A Rede de Ouvidoria do Amazonas foi oficializada no 8 de novembro de 2018, com o intuito de promover a integração das atividades de todas as ouvidorias do estado, através do compartilhamento de experiências e manifestações visando a melhora do controle social. O projeto foi idealizado pelo conselheiro-ouvidor, Érico Desterro, e é coordenado pela ouvidora da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM), Fabiana Seabra.

Instituições como a Secretaria de estado da Saúde (Susam), a secretaria de Educação e da Qualidade de Ensino (Seduc), a Câmara Municipal, a Controladoria Geral do Estado (CGE), o Ministério Público do Amazonas (MP-AM), entre outras, participam da rede.

Texto: Giovana Airon

Nosso feed no Instagram